Leitura

Como usar colírio? Conheça as boas práticas e evite contaminações

Estamos sempre falando sobre hábitos e atitudes que podem contribuir para a saúde dos seus olhos aqui no blog. Um dos cuidados essenciais para isso é utilizar os colírios de acordo com a indicação do seu médico. Entretanto, você sabia que uma causa frequente dos problemas com os olhos é o uso incorreto ou descuidado desses medicamentos? ¹

 

Afinal, você sabe como usar o colírio? Se você não tem certeza da resposta para essa pergunta, fique tranquilo. Vamos trazer boas práticas e explicar a melhor maneira de utilizar o seu colírio para evitar contaminações.

 

Principalmente no caso de pacientes com glaucoma, a aplicação correta é fundamental para garantir a eficácia do tratamento. ¹

 

Uma pesquisa do Journal of Glaucoma levantou a estimativa de que nove em cada dez pacientes com glaucoma não conseguem aplicar o colírio devidamente. Entre os participantes que fizeram parte do estudo, alguns deixavam o colírio escorrer pela face, outros fechavam os olhos logo após a aplicação e outros encostavam o recipiente do remédio nos olhos. ¹

 

Algumas dessas situações já aconteceu com você? Veja algumas dicas de como usar colírio corretamente:

 

Antes de aplicar o colírio:

- Lave bem as mãos. Esse hábito evita a contaminação dos olhos e do frasco de colírio. ¹

- Confira a embalagem. O medicamento que você pegou é realmente o colírio receitado? Muitas vezes as embalagens são iguais, mas os medicamentos têm ações muito diferentes. ¹

- Confira a validade do colírio. Qualquer medicamento fora do prazo de validade pode trazer danos à saúde. ¹

- Siga as instruções da bula. Se houver instruções para agitar, por exemplo, não deixe de fazer isso.

- Alguns medicamentos precisam ser sacudidos para garantir a dosagem correta. ¹

 

Como aplicar o colírio:

- Levante um pouco a cabeça, olhando para cima; ¹

- Puxe delicadamente a pálpebra inferior para baixo com o dedo indicador. Assim, você formará uma "bolsa", para receber o colírio; ¹

- Pingue uma gota cheia do colírio na bolsa formada ao puxar a pálpebra inferior para baixo;

- Não encoste o bico do conta-gotas nos cílios, nas pálpebras ou nos olhos para evitar que o frasco fique contaminado; ¹

- Depois de cada gota aplicada, pressione por cerca de um minuto o canto interno do olho (próximo ao osso do nariz) ou feche os olhos suavemente por dois minutos. Com isso, você evita que o colírio escorra; ¹

- Antes de abrir seus olhos, seque com um lenço lágrimas e gotas não absorvidas; ¹

- Retire as lentes de contato antes de usar colírio que não seja indicado para uso específico com elas. - Só as coloque novamente depois de 15 minutos do uso do colírio. ¹

 

Dicas importantes para uso de colírio:

- Para evitar contaminação, o mesmo frasco de colírio não deve ser usado por mais de uma pessoa; ¹

- Se seu oftalmologista prescrever dois ou mais colírios diferentes, dê um intervalo de 15 minutos entre eles para que cada um possa fazer seu efeito; ¹

- Siga as instruções da bula para armazenamento do colírio. Alguns precisam ser guardados em geladeira, mas a maioria só requer local fresco, seco e protegido da luz. ¹

- Alguns colírios podem ser muito perigosos se usados sem receita médica. Não siga sugestões de vizinhos, parentes ou vendedores; ¹

- Assim como os outros medicamentos, colírios podem causar efeitos colaterais, como alucinações, crises de broncoespasmo (falta de ar), alteração de batimentos cardíacos, tontura, desmaios e alergias. Na presença de qualquer um desses sintomas, entre em contato com seu oftalmologista. ¹

 

Seguindo essas dicas você garante uma aplicação muito mais segura para a saúde dos seus olhos e mais efetividade para o seu tratamento. Fique de olho! Se o colírio que você está utilizando não está aliviando os sintomas apresentados, entre em contato com seu oftalmologista. ¹

 

Referência:

1 - Conselho Brasileiro de Oftalmologia - Revista Veja Bem, ed. 19, ano 07, 2019 - "Adesão ao tratamento: um fator determinante para pacientes com glaucoma". Disponível em:

https://www.vejabem.org/uploads/arquivos/1585863133-5.PDF  Acesso 02.08.22

 

 

Material para todos os públicos.
XALA-2022-0160 - Agosto/2022