Leitura

Quem tem artrose pode praticar exercícios?

A dor é uma companheira chata e frequente de quem convive com a artrose. Se você é uma dessas pessoas, sabe do que estamos falando. Também sabe que, por conta dessa dor, você pode acabar não se movimentando quanto deveria, acertamos?

Acontece que essa pode não ser a melhor opção para a sua saúde e bem-estar. Se você está um pouco confuso, acompanhe esse texto e entenda de uma vez por todas se quem tem artrose pode ou não praticar exercícios físicos.

Exercício físico e saúde

A prática de exercícios físicos vêm sendo alvo de inúmeras pesquisas da área da saúde como meio de prevenção e controle de algumas doenças. Entre os benefícios que essa prática pode trazer estão a melhora da qualidade óssea, mais agilidade e estabilidade postural, aumento da força e da massa muscular, melhoria da flexibilidade, do equilíbrio e da função articular. ¹

Levando em consideração todos esses benefícios e, se pensarmos que a artrose é um problema que afeta as articulações, faz todo o sentido que a prática de exercícios físicos contribua para uma melhora.1,2,3

Tanto é que segundo o Consenso Brasileiro para o Tratamento da Osteoartrite, o tratamento da artrose pode ser dividido em três formas: farmacológica, não-farmacológica e cirúrgica. Entre as terapias não farmacológicas, está a prática de exercícios físicos. ¹

Exercício físico no tratamento da artrose

A artrose não tem cura, porém tem tratamento, que tem o objetivo de controlar a dor, combater a diminuição da força muscular e a limitação de movimento, melhorando a funcionalidade, saúde e qualidade de vida do paciente. 1,2

Isso porque os sintomas se agravam à medida que a artrose vai avançando. Aí as dores passam a surgir nos pequenos esforços como se levantar de uma cadeira e até em repouso, gerando um alto grau de inatividade que esses sintomas podem causar. 2,3

Portanto, a necessidade de se ter um programa de exercícios físicos na rotina é essencial. O Consenso Brasileiro para o Tratamento da Osteoartrite indica a fisioterapia, fortalecimento muscular, exercício aeróbico e de alongamento. Outras atividades que pode ser benéfica é a natação. Entretanto, atividades de alto impacto e alta performance como corrida, ciclismo e ginástica aeróbica devem ser evitadas. 1,2,3

Mas, se você tem artrose, não adianta sair desse texto e sair fazendo qualquer exercício sem orientação por aí. Antes de começar, é muito importante conversar com o seu médico e entender a modalidade, duração, intensidade e frequência indicados para o seu caso. 1,2,3

Se você quer saber mais sobre os tipos de exercícios que são mais indicados para a artrose, clique aqui e confira mais um conteúdo do nosso blog da saúde preparado especialmente para você.

 

Material para todos os públicos.
GLUC-2022-0007-maio/2022

Referências:

1. CUNHA, Rafael. Considerações sobre sistema articular, artrose e exercício físico: um estudo de revisão. Revista E.F.Deportes, nº 135, ano 14. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd135/sistema-articular-artrose-e-exercicio-fisico.htm. Acesso em 29 de abril de 2022.

2. ANTUNES, Joana Carvalho. Artrose do Joelho no Idoso - Benefícios do Exercício Físico. Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. 2019. Disponível em: https://estudogeral.sib.uc.pt/handle/10316/90100. Acesso em 29 de abril de 2022.

3. DUARTE, Vanderlane de Souza et al. Exercícios físicos e osteoartrose: uma revisão sistemática.  Fisioter. Mov., Curitiba, v. 26, n. 1, p. 193-202, jan./mar. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/j/fm/a/wDHqKVpcRLRCrHVtmzJPQzd/?format=pdf&lang=pt. Acesso em 29 de abril de 2022.