Leitura

O que evitar na alimentação para melhorar os sintomas de fibromialgia

O que evitar na alimentação para melhorar os sintomas de fibromialgia

 

Para quem sofre com fibromialgia, a mudança de hábitos é fundamental para aliviar os sintomas e a alimentação pode ser um fator importante. Neste artigo, você vai saber quais alimentos devem ser evitados por quem tem essa condição. 1,2

O que é fibromialgia?

Fibromialgia é uma doença reumatológica que prejudica a musculatura e causa dor. Ela acomete cerca de 2% a 4% da população mundial e é mais comum em pessoas do sexo feminino. 1,2

Quem sofre com os sintomas da fibromialgia sabe muito bem da aleatoriedade dessa síndrome. 1,2

Um dia está tudo bem e, no outro, a pessoa sente dores, tem dificuldades para dormir, não consegue se concentrar etc. 1,2

Quais os sintomas da fibromialgia?

Embora os sintomas e a intensidade deles variem muito, alguns podem ajudar no diagnóstico clínico da fibromialgia. São eles:

- dor por um período superior a 90 dias em todo ou qualquer parte do corpo;

- existência de pontos dolorosos na musculatura;

- fadiga e alteração na qualidade do sono;

- mudanças do hábito intestinal;

- mudanças cognitivas, como falta de concentração ou memória. 1,2

Importância da alimentação para quem sofre de fibromialgia

Uma dieta equilibrada é recomendada para qualquer pessoa que deseja ter uma vida mais saudável, o que também está relacionado à qualidade de vida.

Uma alimentação saudável deve incluir vegetais, frutas, gorduras boas e grãos integrais, além de reduzir o consumo de gorduras saturadas e açúcares.

Veja, a seguir, alguns alimentos que os pacientes que sofrem com fibromialgia devem incluir ou retirar da dieta.

Alimentos bons para fibromialgia

- milho;

- banana;

- gengibre;

- repolho;

- peixes;

- frutas vermelhas;

- oleaginosas;

- alface. 4,5

Alimentos que devem ser evitados

Entre os alimentos que devem ser evitados para melhorar os sintomas de fibromialgia, estão:

Laticínios

Grande parte dos produtos lácteos contêm gordura saturada na sua composição e esse é o principal motivo da recomendação de evitá-los. Prefira outras opções como o leite de soja, que pode ajudar a minimizar os sintomas da fibromialgia. 4,5

Glúten

Embora não se tenha tanta clareza, alguns estudos sugerem que o glúten pode ser prejudicial para pessoas que sofrem de fibromialgia. 4,5

Diante disso, os seguintes alimentos devem ser evitados: 4,5

- biscoito, bolos, macarrão, pão;

- cachorro quente, hambúrguer, pizza, salgadinhos;

- salsicha e outros embutidos;

- cerveja, cuscuz, gérmem de trigo;

- molho branco, ketchup, maionese e outros molhos industrializados;

- levedura de cerveja;

- sopas desidratadas e temperos prontos;

- suplementos nutricionais.

Outros alimentos

Quando consumidos em excesso, os alimentos a seguir podem comprometer a saúde do paciente, portanto, também devem ser evitados: 4,5

-  alimentos ricos em purinas (mariscos, vísceras e carnes vermelhas);

- alimentos ricos em oxalatos (beterraba, acelga ou espinafre);

- alimentos ricos em gorduras saturadas (carne vermelhas gordas, produtos de salsicharia e charcutaria, lacticínios gordos e manteiga);

- alimentos vegetais da família das solanáceas (berinjela, tomate e batata);

- café, sal, açúcar, chá e álcool.

Demais recomendações

- o cigarro deve ser evitado, uma vez que a nicotina é uma substância estimulante e pode intensificar as dores;

- ler ou estudar e assistir TV na cama antes de dormir são comportamentos que também devem ser evitados, pois prejudicam o sono e, consequentemente, aumentam os sintomas da fibromialgia. 4,5

Agora que você já sabe o que evitar na alimentação para melhorar os sintomas de fibromialgia, assista nossos vídeos sobre ela e cuide da sua saúde e bem-estar com o nosso apoio!

 

Material para todos os públicos.

LYR-2022-1088-maio/2022

Referências:

1. MARTINEZ, José Eduardo Martinez; BEVILACQUA, Juliana Morini; SACOMAN, Débora Laena Barroso. INFLUÊNCIA DO TIPO DE ALIMENTAÇÃO NA EVOLUÇÃO DOS SINTOMAS APRESENTADOS EM PACIENTES COM FIBROMIALGI. Revistas.pucsp, São Paulo, v. 17, n. 2, 26 jun. 2015. Artigo Original, p. 69-72. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/RFCMS/article/view/22235/pdf. Acesso em: 29 abr. 2022.

2. SOCIEDADE BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA. Fibromialgia. [S. l.], 18 set. 2018. Disponível em: https://www.reumatologia.org.br/doencas-reumaticas/fibromialgia-e-doencas-articulares-inflamatorias/. Acesso em: 29 abr. 2022.

3. JATOBÁ, Danielle Mendonça; HOLLANDA, Luiza Jatobá de; ASSIS, Ana Clara Veloso de; SOUZA, Brenda Tayrine Tavares; TAVARES, Bruna Santana; TEIXEIRA, Jackson Gois; LIRMAN, Hully Leandro; SILVEIRA, Mariana Cândida; ALVES, Thaynara Ferreira; BONTEMPO, Albênica Paulino dos Santos. Alimentação como tratamento coadjuvante para pessoas com fibromialgia: uma revisão integrativa. Revista Eletrônica Acervo Saúde, [S. l.], p. 1-11, 18 set. 2018. DOI ISSN 2178-2091. Disponível em: https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://acervomais.com.br/index.php/saude/article/download/9627/5785&ved=2ahUKEwiI8pW66_72AhUwRLgEHeerANEQFnoECDoQAQ&usg=AOvVaw3wjz0IbS5vu6szZOKOFkMR. Acesso em: 29 abr. 2022.

4. SANTOS, HELLIN DOS SANTOS. INTERVENÇÃO NUTRICIONAL PARA MELHORA DA QUALIDADE DE VIDA EM MULHERES COM FIBROMIALGIA. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ , Curitiba, p. 1-59. 2019. Disponível em: https://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/73604/R%20-%20D%20-%20HELLIN%20DOS%20SANTOS.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 29 abr. 2022.

5. PAI, Marcus Yu Bin. Alimentação na fibromialgia: 8 dicas para alívio dos sintomas. [S. l.], 2022. Disponível em: https://www.hong.com.br/alimentacao-na-fibromialgia/. Acesso em: 29 abr. 2022.