Leitura

Como o uso de Ansiolíticos age nos gatilhos da ansiedade

O transtorno de ansiedade é uma doença que impacta todo o funcionamento do corpo e as experiências de vida de uma pessoa. A sensação da ansiedade pode ser tão desconfortável que as pessoas podem deixar de fazer coisas simples por causa dela. ¹

Essas situações de desconforto podem ser chamadas de gatilhos, que geralmente desencadeiam uma reação emocional intensa ou até mesmo excessiva, podendo causar reações físicas, como tremores, falta de ar, lágrimas, respostas ríspidas e até mesmo gritos. ²

Conhecer seus gatilhos é a melhor forma de evitar crises, afinal, quando você conhece o que causa sua ansiedade, você pode evitar ao máximo aquela situação

Conheça alguns gatilhos de ansiedade

Os transtornos de ansiedade podem ser diferentes e com complexidades distintas de pessoa para pessoa. Emoções e experiências podem causar um início de ansiedade, tornando-se gatilhos. ³

Assim como esses gatilhos podem ser diferentes para cada pessoa, alguns podem ser iguais ou parecidos para várias. ³

Problemas de saúde

Um diagnóstico pode ser assustador e difícil de lidar, não apenas em si mesmo, mas em alguém que você ama também. Esse não é um gatilho que podemos evitar, no entanto, é importante procurar sempre auxílio médico para ajudar com a ansiedade e descobrir mais sobre o diagnóstico. 3

Medicamentos

Alguns medicamentos podem desencadear sintomas da ansiedade. Existem substâncias que podem fazer você se sentir desconfortável ou indisposto, fazendo com que sua mente, muitas vezes, associe isso a algum outro sintoma de ansiedade. Nesses casos, é importante comunicar seu médico. ³

Pensamento negativo 

Sua mente controla grande parte do corpo, por isso, algumas palavras que você diz a si mesmo pode ser um grande gatilho para a ansiedade. Evite essas palavras negativas e os pensamentos negativos. Tente trazer mais positividade aos seus dias, trabalhando em conjunto com um médico e/ou terapeuta. ³

Preocupações financeiras

O dinheiro e as dívidas geralmente desencadeiam preocupação, estresse, medo e culpa, podendo causar uma crise de ansiedade. Buscar ajuda de um profissional para ajudá-lo a passar por isso de forma mais leve é a melhor opção. ³

Festas ou eventos

Locais cheios, que exijam conversas com desconhecidos é um gatilho de ansiedade muito comum em várias pessoas. Nessas situações, o ideal é que você leve alguém conhecido com você para não se sentir sozinho e nem acuado caso alguém o aborde. ³

Estresse

Um dos maiores gatilhos de ansiedade em várias pessoas. Além de causar a ansiedade, o estresse pode levar ao agravamento dos sintomas e até mesmo a outros problemas de saúde. Ele também pode afetar o seu apetite e sono, que também podem causar ansiedade. ³

Gatilhos pessoais 

Difíceis de identificar, mas muito comuns também. Só é possível identificar os gatilhos pessoais com a ajuda de um terapeuta, que vai encontrar, junto a você, que tipo de gatilho é esse e desde quando ele existe. Pode ser um trauma, uma queda, uma perda. ³

O uso de ansiolíticos 

O tratamento medicamentoso para a ansiedade é feito com medicamentos da classe dos ansiolíticos, que são calmantes e tranquilizantes. A maioria desses medicamentos fazem parte da classe de fármacos chamados de benzodiazepínicos. 4

Eles agem com um receptor chamado GABA, um complexo de proteínas mediador da atividade de inibição neural. Ele forma um canal para dentro dos neurônios e, com a ação do medicamento, passam por toda uma reação que ajuda a diminuir a capacidade de excitação no organismo. 4

Os principais efeitos do medicamento são:4 

  • Redução da ansiedade
  • Sedação
  • Indução do sono
  • Reduz a tensão muscular
  • Ação anticonvulsivante
  • Momentos agressivos

Eles só podem ser vendidos e usados com a prescrição de um profissional especializado. Assim como todo medicamento, seu uso descontrolado pode causar dependência física e mental. Se você já faz o tratamento com ele, não pare de usar sem a prescrição médica, porque retirá-lo do organismo abruptamente pode resultar em abstinência. 4

O início do tratamento com esses medicamentos pode causar alguns efeitos colaterais, como: 4

  • Problema de memória
  • Tontura;
  • Diminuição da atividade psicomotora
  • Dificuldades de concentração

O tratamento correto é o ponto principal para que as crises sejam evitadas. Quando nos referimos ao tratamento, significa que você precisa usar os medicamentos corretamente, seguir com a psicoterapia indicada pelo médico e evitar os gatilhos da sua ansiedade. ¹, 4

Caso tenha dúvidas, procure um profissional para ajudá-lo a entender melhor sobre a ansiedade e sobre os ansiolíticos. Nunca tome decisões, referentes ao seu tratamento, sozinho. 


Material para todos os públicos

EFEX-2023-0030 - Junho/2023


Referências:

1. Biblioteca Virtual em Saúde. Ansiedade [Internet]. 2011 [cited 2023 Jun 1]. Available from: https://bvsms.saude.gov.br/ansiedade/#:~:text=O%20que%20%C3%A9%20ansiedade%3F,qualquer%20contexto%20de%20perigo%2C%20etc 

2. Câmara Municipal de Fortaleza. Especialistas orientam sobre como lidar com os gatilhos emocionais [Internet]. 2023 Apr 13 [cited 2023 Jun 1]. Available from: https://www.cmfor.ce.gov.br/2023/04/13/especialistas-orientam-sobre-como-lidar-com-os-gatilhos-emocionais/. 

3. Healthline. What Triggers Anxiety? 11 Causes That May Surprise You [Internet]. 2022 Sep 29 [cited 2023 Jun 1]. Available from: https://www.healthline.com/health/anxiety/anxiety-triggers 

4. Departamento de Biologia Celular e Molecular e Bioagentes Patogênicos Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Entenda a ação dos benzodiazepínicos para tratar a ansiedade [Internet]. Jornal USP; 2019 [cited 2023 Jun 1]. Available from: http://rbp.fmrp.usp.br/entenda-a-acao-dos-benzodiazepinicos-para-tratar-a-ansiedade/.