Leitura

Colesterol alto: com que frequência retornar ao médico com novos exames?

Em torno de 40% da população brasileira tem o colesterol elevado, ainda mais porque os seus fatores de risco estão a cada dia mais presentes em nossa sociedade.¹ A partir daí, surgem diversas dúvidas a respeito da frequência em que pacientes com colesterol alto devem retornar ao médico.

Se você sofre com o colesterol ruim elevado, leia até o final para descobrir com que frequência você deve ir ao médico e realizar exames!

 

O que é colesterol e qual é a sua função?

O colesterol é uma gordura que tem como função manter o funcionamento das células para a produção de hormônios e da bile, para a metabolização das vitaminas e mais algumas funções.2,3

Como já foi falado, ele desempenha papéis fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo, como a sua função estrutural e a produção de hormônios.¹

Mas, quando ele está presente em maiores quantidades, também causa efeitos e prejudicam a saúde e aumentando os riscos do desenvolvimento de doenças cardiovasculares.²

Temos 2 tipos de colesterol que se destacam em nosso organismo, sendo eles:

  • HDL: O "bom" colesterol, por proteger o coração das doenças;²
  • LDL: Conhecido como "colesterol ruim", por ser perigoso ao coração;²

 

As principais complicações do colesterol alto são:²

  • AVC;
  • Infarto;
  • Pressão alta;
  • Entupimento de artérias e veias;
  • Insuficiência cardíaca.

Além disso, diversos fatores contribuem para o aumento do colesterol, como tendências genéticas, hereditárias, obesidade, gênero, idade, doenças, maus hábitos alimentares.²

 

Com que frequência devo ir ao médico?

Primeiramente, é indicado que todos acima de 10 anos realizem o exame de dosagem do colesterol periodicamente. Caso esteja elevado, o ideal é procurar um cardiologista ou endocrinologista que indicará o tratamento adequado.4

Como para qualquer outro problema de saúde, se você possui o colesterol alto, o indicado é realizar os exames periódicos e manter o acompanhamento médico anual, ou de acordo com a frequência indicada pelo seu médico. Adotar hábitos saudáveis e parar de fumar também são boas recomendações para cuidar da saúde.2

O tratamento é preventivo e permanente, e seu objetivo é reduzir os riscos de doenças cardiovasculares e trazer uma melhor qualidade de vida.4

Agora que você já sabe com qual frequência deve ir ao médico e algumas formas de prevenir problemas mais sérios como o AVC e o infarto.

Leia mais sobre colesterol e doenças cardiovasculares clicando aqui!

 

Referências:

1- 08/8 - Dia Nacional de Prevenção e Controle do Colesterol . Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/08-8-dia-nacional-de-prevencao-e-controle-do-colesterol-4/. Acessado em 18 mar. 2024

2- Equipe de redação. Conheça mais sobre Colesterol. Coração.org. Disponível em: https://www.coracao.org.br/colesterol-elevado. Acessado em 15 fev. 2024.

3 - Equipe de redação. SBC alerta: controle do colesterol é fundamental para minimizar riscos de doenças cardiovasculares. Cardiol. 2020. Disponível em: https://www.portal.cardiol.br/post/sbc-alerta-controle-do-colesterol-%C3%A9-fundamental-para-minimizar-riscos-de-doen%C3%A7as-cardiovasculares. Acessado em 15 fev. 2024.

4 - Por jornalismo SBEM. 10 coisas que você precisa saber sobre colesterol. Endocrino.org. 2021. Disponível em: https://www.endocrino.org.br/10-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-o-colesterol-2/. Acessado em 15 fev. 2024

 

Material destinado a todos os públicos.

NON-2024-1233 - Abril/2024